O seu navegador não suporta JavaScript!

















Cinco motivos para implantar o Marketing de Conteúdo em seu negócio

   

Consumidores da era da internet e da informação compartilhada costumam ir às compras com muitas informações sobre o que deseja. Por isso, clientes estão cada vez mais exigentes. Oferecer, portanto, produtos e serviços com a publicidade tradicional não vai atrair quem busca, antes de tudo, solução para problemas. E o Marketing de Conteúdo valoriza o desejo das pessoas, ou seja, o cliente é o centro, e não a venda. Você terá muito mais gente perto da sua marca se interagir e participar da conversa ao invés de interromper o que as pessoas estão fazendo, como acontece nas propagandas do marketing tradicional. Por isso, seguem cinco argumentos para ajudá-lo a entender que não investir em Marketing de Conteúdo é perder clientes, tempo e, consequentemente, dinheiro.

1. Você vai atrair o consumidor e driblar os focos de distração

O consumidor que usa a internet não costuma gastar muito tempo apenas com um conteúdo enquanto navega na rede, ainda mais com o acesso mobile crescendo a cada dia. Redes sociais, aplicativos de bate-papo e uma variedade incontável de tipos de opções sempre vão distraí-los, o que torna a publicidade tradicional menos eficiente. Para que um potencial cliente chegue até você, é melhor então atraí-lo com aquilo que realmente vai ajudá-lo: conteúdo relevante para a rotina dele.

2. O acesso à internet no Brasil não para de crescer

Segundo a Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 (PBM), divulgada em dezembro de 2014 pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, o uso de aparelhos celulares como forma de acesso à internet já compete com o uso por meio de computadores ou notebook: 66% e 71%, respectivamente. E o uso de redes sociais influencia esse resultado. Entre os internautas, 92% estão conectados por meio de redes sociais, sendo as mais utilizadas o Facebook (83%), o Whatsapp (58%) e o Youtube (17%). Além disso, o mesmo estudo mostra que 48% dos brasileiros usam a internet e ficam, em média, 5,4 horas por dia conectados, enquanto quem assiste à TV passa 4,5h com o aparelho ligado. 37% navegam todos os dias, enquanto ano passado este número era de 26%. Ou seja, o ambiente on-line é, cada vez mais, um campo mais fértil para falar com o público, e a publicidade e o marketing tradicionais não tem a mesma eficácia como antigamente. O usuário da era digital está sempre cheio de distrações, muitas vezes com pressa e procurando conteúdos que realmente interessem a eles, desfrutando de um dos grandes trunfos da internet para a comunicação: você vai aonde precisa e não precisa esperar a informação vir até você.

3. O Marketing de Conteúdo foca nas pessoas certas, na hora certa e com o conteúdo certo, e te faz gastar menos

Segundo dados de 2014 da Hubspot, empresas que utilizam o Inbound Marketing (metodologia em que o marketing de conteúdo é o centro – saiba mais assistindo ao vídeo neste link) como estratégia e medem o retorno sobre investimento (ROI) têm uma probabilidade 17 vezes maior de crescimento anual. O Marketing de Conteúdo busca atingir as pessoas certas, na hora certa e com o conteúdo certo, e faz do esforço de marketing um tiro mais certeiro, o que beneficia diretamente a relação investimento x resultados. Com o bom uso de opções de conteúdo como artigos, e-books, imagens, infográficos, podcasts e vídeos, sendo tudo isso sincronizado com ferramentas como blog, e-mail marketing e mídias sociais, o seu conteúdo pode ser compartilhado com mais eficácia. Você também entrega uma base de leads (potenciais clientes) mais qualificada para a sua equipe de vendas.

4. Oferecer bom conteúdo traz credibilidade à sua marca

De acordo com a Hubspot, 80% de quem toma alguma decisão de negócios prefere adquirir informações sobre a empresa em uma série de artigos a se informar através de anúncios publicitários. Mostre para o seu cliente que você ‘entende do assunto’ que se propõe a trabalhar. A sua marca ganha credibilidade se, além de vender um produto ou serviço, fala com propriedade sobre ele.

5. Você pode encantar o seu cliente e fazer dele um divulgador da marca

Depois do processo de atração, conversão e aproximação, você tem informações suficientes do seu cliente para continuar compartilhando conteúdo desenvolvido especialmente para ele e torná-lo um promotor do seu negócio. Se toda a equipe da empresa estiver focada na solução de problemas do cliente, independentemente do setor, ele irá confiar em você e vai querer ajudar outras pessoas com aquilo que você diz, além de fortalecer a credibilidade da marca, praticando o ‘boca a boca’ on-line ou até mesmo off-line. Lembre-se que ele foi atraído para a sua base através de informações que o ajudaram e assim deve ser sempre. Transmita confiança e encante-os.

Conclusão

Não podemos esquecer que o Marketing de Conteúdo é uma construção. É preciso distribuir conteúdos consistentes e de forma periódica em plataformas adequadas e bem desenvolvidas, como sites e blogs que sejam atraentes para os consumidores e, consequentemente, relevantes para os mecanismos de buscas. Os resultados não virão do dia para a noite, mas com certeza chegarão e serão mais satisfatórios do que você imagina.

 

Gostou do artigo? Deixe a sua opinião nos comentários!

E acredito que você também vai se interessar por:

Por que o meu negócio precisa de um blog?

Sete razões pelas quais a sua empresa precisa de um site para ontem