As meias verdades (e esclarecimentos) sobre gestão de conteúdo

Apesar de serem parte do nosso dia a dia, os blogs e mídias sociais são ferramentas de comunicação muito recentes e complexas de serem utilizadas com eficiência para os negócios. E por serem democráticas, ou seja, disponíveis gratuitamente ou a baixo custo para uso pessoal e profissional, algumas meias verdades confundem a cabeça dos empresários, que acabam tentando usar as redes sem considerar a necessidade de conhecimentos prévios para utilização com eficiência. 

Listamos três itens que, na primeira leitura, são verdadeiros, mas, analisados sob o ponto de vista empresarial, apresentam equívocos que precisam ser esclarecidos. 

42-50254231

Digital é barato

A mídia digital realmente é mais barata que a convencional. Se compararmos o alcance ou audiência de uma publicidade on-line com anúncios de rádio, a razão entre pessoas alcançadas e valor investido é muito mais favorável para os recursos da internet. Mas por que então a afirmação “digital é barato” pode ser considerada um mito a ser esclarecido? Porque não basta gastar pouco para alcançar muita gente. É preciso mão de obra qualificada para gerir a comunicação on-line com estratégia e alcançar resultados que, além de bom alcance, tenham boa performance de engajamento e conversão. No digital, a segmentação e métricas precisas são o grande diferencial.

Qualquer um pode mexer nas Redes Sociais

Essa frase é uma “meia verdade absoluta”. Qualquer um pode mexer nas redes sociais, ter um perfil, postar fotos e compartilhar conteúdo, mas… as coisas mudam quando estamos falando de uma marca. Para gerir redes sociais de um negócio, é preciso conhecimento. Mídias sociais são ferramentas de comunicação, ou seja, o meio e não o fim de uma estratégia. Não basta saber operar uma ferramenta: é preciso entender a verdadeira utilidade dela.

Boas intenções são essenciais, mas conhecimento técnico também.

Comunicação e Marketing não são prioridades “no momento”

Em tempos de crise, redução ou reformulação de custos, as áreas de comunicação e marketing costumam ser afetadas. E há uma explicação para isso: essas áreas são vistas como secundárias muitas vezes porque não estão sendo devidamente exploradas. Quando o trabalho é bem feito, comunicação e marketing devem sempre ser prioridade. Gerir a marca, focar em estratégias de comunicação e divulgar produtos e serviços sempre são pontos importantes, concorda? E se há necessidade de fazer isso em um melhor custo-benefício (que é diferente de simplesmente dizer que é ‘mais barato’), o digital é uma ótima opção.

Conclusão

As mídias sociais precisam ser vistas como ferramentas. As postagens são apenas a ponta de um iceberg composto por um sólido trabalho de estratégia. A imagem abaixo ilustra bem essa comparação. Gerir conteúdo é participar ativamente da gestão da marca.

A imagem acima fez parte da apresentação de uma palestra dada por Rodrigo Otávio, um dos cofundadores da 3Nós, em evento no Centro Universitário UNA

Um trabalho especializado para gerir conteúdo e toda a comunicação da sua empresa faz toda a diferença.

Te alguma dúvida ou observação sobre gestão de conteúdo? Comente!

Você também vai gostar de ler:

Por que a sua empresa, sendo pequena, média ou grande, precisa de um projeto de Branding

Oito erros que atrapalham o resultado do seu conteúdo

Por que a pequena ou média empresa deve contratar uma agência de comunicação?

Mídias sociais para empresas: por onde (re)começar?

Leave a Reply